Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/22637
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_WagnerDelmondesMartins_tcc.pdf1,18 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Determinação da fração volumétrica de fluidos magnéticos usando medidas de densidade
Autor(es): Martins, Wagner Delmondes
Orientador(es): Sousa, Marcelo Henrique de
Assunto: Nanopartículas
Fluidos magnéticos
Data de apresentação: 2019
Data de publicação: 25-Out-2019
Referência: MARTINS, Wagner Delmondes. Determinação da fração volumétrica de fluidos magnéticos usando medidas de densidade. 2019. 40 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Química Tecnológica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Resumo: Os colóides formados por nanopartículas magnéticas constituem uma classe de materiais da nanotecnologia que vem sendo aplicada também na nanobiotecnologia com o uso de nanopartículas biocompatíveis aplicada à medicina. Como a estabilidade e a aplicação do Sol (colóide constituído de partículas sólidas dispersas em um meio de dispersão líquido) depende das características fisico-químicas e vários fatores contribuem para a natureza global do sistema coloidal, principalmente, para sua estabilidade como: dimensões e forma das partículas dispersas, propriedades físicas e físico-química das partículas e as interações partícula-partícula e partícula-solvente. Uma análise rápida e com exatidão é extremamente importante durante o processo de preparação de várias substâncias, principalmente durante a síntese de fluidos magnéticos que apresentam menor estabilidade quando comparadas com as soluções. Nesse sentido, faz necessário um estudo para determinar a fração volumentrica ϕ de fluidos magnéticos, de forma rápida e barata. Para tanto, realizamos a análise da densidade de fluidos magnéticos a base de Fe3O4, CoFe3O4 e revestidas com prata (Fe3O4@Ag e CoFe3O4@Ag), como uma estimativa para aferição da fração volumetrica dos fluidos, sendo obtida com o uso de densímetro, aparato de baixo custo. Os indices de correlação obtididos indicaram que a fração volumétrica ϕ de fluidos magnéticos pode ser determinada pela análise do fluido no densímetro, por meio de uma análise simples e de boa sensibilidade instrumental, que são necessárias para respostas rápidas durante as sínteses e testes preliminares de fluidos magnéticos.
Abstract: Colloids formed by magnetic nanoparticles are a class of nanotechnology materials that have also been applied in nanobiotechnology with the use of biocompatible nanoparticles applied to medicine. As the stability and application of the sol (colloid consisting of solid particles dispersed in a liquid dispersion medium) depends on the physical chemical characteristics and several factors contribute to the global nature of the colloidal system, mainly for its stability such as: dimensions and shape of the dispersed particles, physical and physical chemical properties of the particles and the particle-particle and particle-solvent interactions. A rapid and accurate analysis is extremely important during the process of preparation of various substances, especially during the synthesis of magnetic fluids that have less stability when compared with the solutions. In this sense, a study is needed to determine the volumetric fraction ϕ of magnetic fluids, quickly and cheap. In order to do so, we performed analysis of the density of magnetic fluids consisting of Fe3O4, CoFe3O4 and silver (Fe3O4@Ag and CoFe3O4@Ag) based on Fe3O4, CoFe3O4, as an estimation for the volumetric fraction of the fluids being obtained with the use of a densimeter, a low-cost apparatus. The correlation indices obtained indicate that the volumetric fraction of magnetic fluids can be determined by the analysis of fluid in the densimeter, a low-cost apparatus and good instrumental sensitivity required for rapid responses during synthesis and preliminary tests of magnetic fluids.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2019.
Aparece na Coleção:Química Tecnológica



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons